Como depilar as axilas

Como depilar as axilas

Como depilar as axilas de forma adequada é uma questão que nos deparamos frequentemente, até porque é uma área que facilmente fica exposta, sobretudo no Verão. Atualmente, é uma das zonas com mais procura para depilação definita,  para além da depilação intima.

A escolha do método mais eficaz, ou seja, a técnica de como depilar as axilas dependerá, à semelhança das restantes zonas do corpo, do objetivo que pretender (temporário ou definitivo) e se a mesma se adequa a si.

Como depilar as axilas com técnicas temporárias

Relativamente às técnicas temporárias de como depilar as axilas poderá sempre optar pelas mais simples e básicas como a lâmina, até mesmo às bandas de cera. Tal como nas restantes áreas corporais, o recurso a métodos temporários apresenta sempre alguns inconvenientes, que abordaremos mais em detalhe de seguida, mas também a vantagem de serem menos dispendiosos e mais rápidos em execução.

Lâmina e creme depilatório

A utilização destas técnicas, embora económicas e simples de realizar, requerem alguns cuidados de pele (antes e após depilação) pois embora seja rápida, poderá causar irritabilidade na pele, visto que a zona axilar é bastante sensível e propícia a pêlos encravados. Na escolha de como depilar as axilas, se a sua opção for o recurso a algum destes métodos, é aconselhável que limpe bem a zona antes de depilar e se usar lâmina, utilize uma nova (com banda de gel lubrificante) realizando o corte a favor do pêlo para evitar os pêlos encravados e menor irritabilidade cutânea.

O creme depilatório uma vez que dissolve superficialmente o pêlo, não o extraindo da raíz, tal como a lâmina, não é uma técnica muito eficaz. Deve testar a sua aplicação numa pequena superfície corporal para verificar se existe alguma incompatibilidade antes do seu uso em toda a axila. Este tipo de métodos deverá ser utilizado sobretudo em situações mais urgentes e com menos tempo disponível para outras técnicas, ou nos intervalos da depilação definitiva.

Cera quente e fria

Ambas as técnicas, embora temporárias, permitem a realização de uma depilação mais duradoura (cerca de 15-20 dias) face à lâmina e creme depilatório. No caso da cera fria, o material utilizado (bandas de cera) é descartável, sendo bastante higiénico, no entanto, uma vez que a temperatura da cerca (fria) não permite a dilatação dos poros, esta técnica poderá ser mais dolosa face à cera quente, mas em contra-partida causa menor irritabilidade na pele.

Um outro recurso para depilar as axilas é a utilização da máquina depilatória eléctrica, esta permite a extração completa do pêlo pela raíz, no entanto poderá ser um método agressivo nesta zona tão delicada e sensível, como as axilas. O seu investimento é mais elevado, mas permitir-lhe-á a sua utilização variadas vezes (sem mais custos) mesmo noutras zonas do corpo.

Como depilar as axilas com técnicas definitivas

Dentro das opções disponíveis de como depilar as axilas, o recurso a técnicas definitivas, tais como depilação a laser ou luz pulsada, são sem dúvida a melhor opção no respeita à duração, pois levarão à eliminação completa do pêlo. Por outro lado e como principais limitações apresentam o seu custo mais elevado e a necessidade de várias sessões até obtenção do resultado esperado em função do tipo de pele e cor do pêlo. Em ambas as técnicas, quanto mais escuro for o pêlo, melhor a sua actuação. Quanto à tonalidade da pele, a sua utilização não é recomendável em peles negras, pela possibilidade surgirem manchas. No decorrer destas sessões, deve evitar a exposição directa ao sol nas zonas depiladas  e poderá utilizar a lâmina ou creme depilatório para retirar alguns pêlos que ainda surjam.

Assim como nas restantes áreas corporais, a escolha pela melhor técnica depilatória, depende de si e dos seus objectivos a curto, médio ou longo prazo. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Send this to friend